FAQ

Como Fazer Medições Usando o DPM
Como Fazer Medições Usando o DPM
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Introdução

A série DPM (Delta Power Meter) mede precisamente vários parâmetros de qualidade de energia elétrica incluindo fator de potência, harmônicas e desbalanceamento de corrente/tensão, bem como fornece alarmes para valores fora do limite e funções de registros de histórico. A série DPM oferece uma variedade de protocolos de comunicação e funções de monitoramento que são especialmente adequadas para setores onde a qualidade de energia é crítica.

CUIDADO!

  • Garanta que o sistema está seguro e desenergizado antes de iniciar a montagem, desmontagem ou ligações elétricas.
  • Nunca curte-circuite o secundário de um Transformador de potencial (TP).
  • Nunca abra o circuito de um Transformador de Corrente (TC).
  • Utilize o bloco de aferição para maior segurança durante a manutenção ou troca do (TC).
  • Certifique-se de que o enrolamento secundário do TC está fixado com segurança no equipamento, pois poderá danificar o equipamento se o enrolamento secundário se soltar durante a operação.
  • Aterre todos os pontos indicados no diagrama de ligação1 – Ligação em NPN utilizando fonte de interna.

Analisando as Características do DPM

Antes de realizar as medições, verifique primeiramente as caraterísticas elétricas do DPM como a tensão de alimentação e a tensão/corrente máxima de medição suportada pelo DPM. Essas informações são encontradas no catálogo ou no manual do usuário de cada modelo.

Inglês Português Descrição
Wiring Method Modo de Ligação Existem vários métodos de ligação para se fazer a medição da tensão e corrente. Isso dependerá da forma em que os circuitos de potência a serem medidos estão e da quantidade de fases a serem medidas.
1-phase 2-wire Monofásico (2-fios) Tensão monofásica com um condutor fase e outro neutro.
1-phase 3-wire Monofásico (3-fios) Tensão monofásica com dois condutores fase e outro neutro.
3-phase 3-wire Trifásico (3-fios) Tensão trifásica com três condutores fase.
3-phase 4-wire Trifásico (4-fios) Tensão trifásica com três condutores fase e um neutro.
Wire Voltage (L-L) Tensão de Linha (F-F) Tesão medida entre dois condutores fase.
Phase Voltage (L-N) Tensão de Fase (F-N) Tesão medida entre um condutor fase e outro neutro.
Current 1A / 5A Corrente 1A / 5A Corrente máxima de medição: 1A ou 5A. Essa corrente é referente à corrente do secundário do TC (Ex.: 250/5A) ou da corrente de medição direta (sem TC).

Métodos de Ligação

O método de ligação vai depender da instalação de potência a ser medida, quais e quantas fases serão medidas. Se a tensão do sistema que será medido ultrapassar o valor máximo de medição, será necessário utilizar um transformador abaixador conhecido como Transformador de Potencial (TP). Caso a corrente exceda o valor máximo de medição do DPM, deve-se utilizar um transformador de corrente (TC).

Para medições de linha (F-N), considere a ligação do tipo estrela Y e caso essa medição não seja necessária pode-se considerar a ligação do tipo delta Δ.

Veja na figura abaixo os diferentes métodos de ligação

Figura 1 – Métodos de ligação monofásico.

Figura 2 – Métodos de ligação trifásico.

Figura 3 – Simbologia.

Parametrização

Ajuste do Sistema de Potência

Sistema de Potência (SYS): Selecione o método de ligação do sistema. Ex.: 3P3L significa 3 fases e 3 fios. (Padrão de fábrica: 3P4L).

Número de (TC): Quantidade de (TC) que serão usados (0 a 3). (Padrão de fábrica: 3).

Número de (TP): Quantidade de (TP) que serão usados (0 a 3). (Padrão de fábrica: 3).

Passo a passo para ajuste do (SYS):

  1. Pressione BACK até a página SETUP aparecer.
  2. Pressione ► NEXT até *SYS aparecer, depois pressione ▲UP para entrar na página de configuração do *SYS. Caso não esteja aparecendo o menu com *SYS, pressione ▲UP e ▼ DOWN por alguns segundos até aparece as opções.
  3. Dentro da página de configuração do SYS, depois que a opção estiver destacada, pressione ▲UP ou ▼ DOWN para selecionar a configuração desejada.
  4. Ajuste a quantidade de (TC) e (PT).
  5. Quando pressionar SET (botão ► NEXT) e voltar para a página SETUP o ajuste terá sido completado.
  6. Para cancelar todas as alterações, pressione BACK.

*Power System (SYS) = Sistema de Potência

Configuração dos Transformadores de Corrente (TC)

Enrolamento primário (CT1): Ajuste da corrente do primário do transformador com ajuste de 1 ~ 9999 A (Padrão de fábrica: 1 A).

Enrolamento secundário (CT2): Ajuste da corrente do secundário do transformador entre 1 A ou 5 A (Padrão de fábrica: 1 A).

Passo a passo para ajuste do (TC):

  1. Pressione BACK até a página SETUP aparecer.
  2. Pressione ► NEXT até *CT aparecer, depois pressione ▲UP para entrar na página de configuração do (TC). Caso não esteja aparecendo o menu com *CT, dentro da página SETUP pressione ▲UP e ▼ DOWN por alguns segundos até aparece as opções.
  3. Dentro da página de configuração do (TC), quando a opção estiver destacada, pressione ▲UP ou ▼ DOWN para ajustar o valor desejado.
  4. Pressione SET (botão ► NEXT) para aceitar o valor e mova para o próximo valor.
  5. Repita os passos (3) ~ (5) até terminar de configurar os valores e depois pressione SET (botão ► NEXT). Quando pressionar SET (botão ► NEXT) e voltar para a página SETUP o ajuste terá sido completado.
  6. Para cancelar todas as alterações, pressione BACK.

*Current Transformer (CT) = Transformador de Corrente (TC)

Configuração dos Transformadores de Potencial (TP)

Enrolamento primário (PT1): Tensão de entrada no primário do transformador de potencial com valores ajustáveis de 1 ~ 9999 V (Padrão de fábrica: 1V).

Enrolamento secundário (PT2): Tensão de saída no secundário do transformador de potencial com valores ajustáveis de 1 ~ 9999 V (Padrão de fábrica: 1V).

Passo a passo para ajuste do (TP):

  1. Pressione BACK até a página SETUP aparecer.
  2. Pressione ► NEXT até *PT aparecer, depois pressione ▲UP para entrar na página de configuração do (TP). Caso não esteja aparecendo o menu com *PT, dentro da página SETUP pressione ▲UP e ▼ DOWN por alguns segundos até aparece as opções.
  3. Dentro da página de configuração do (TP), quando a opção estiver destacada, pressione ▲UP ou ▼ DOWN para ajustar o valor desejado.
  4. Pressione SET (botão ► NEXT) para aceitar o valor e mova para o próximo valor.
  5. Repita os passos (3) ~ (5) até terminar de configurar os valores e depois pressione SET (botão ► NEXT). Quando pressionar SET (botão ► NEXT) e voltar para a página SETUP o ajuste terá sido completado.
  6. Para cancelar todas as alterações, pressione BACK.

*Potencial Transformer (PT) = Transformador de Potencial (TC)

Exemplo

Considerando-se um sistema trifásico (3F + N) com tensão de fase de 760Vca e corrente máxima de 200A como seria o método de ligação ideal e os valores dos parâmetros CT1/2 e PT1/2? Considere medições de tensão de linha e de fase.

Resolução:

Para o DPM-C520, seriam necessários três transformadores de potência (TP) de 760/127Vca para abaixar a tensão de cada fase e três transformadores de corrente (TC) de 250/5A com um bloco de aferição para eventuais manutenções.

Obs.: Nesse caso deve-se considerar um circuito separado para alimentar o DPM.

Figura 4 – Diagrama escolhido.

 

Após as interligações elétricas, parametrizou-se o DPM-C520 com os seguintes valores:

Sistema de Potência:

Sistema (SYS): 3P4L (3 fases com 4 fios)

Número de (TC): 3

Número de (TP): 3

Transformadores de Corrente:

Enrolamento primário (CT1): 250 A

Enrolamento secundário (CT2):  5 A

Transformadores de Potencial:

Enrolamento primário (PT1): 760 Vca

Enrolamento secundário (PT2): 127Vca

Pronto! O DPM apresentará os valores medidos na tela de visualização.

Endereço

São José dos Campos
Estrada Velha Rio-São Paulo, 5300
Eugênio de Melo | São José dos Campos
CEP: 12247-004 | SP – Brasil

Contato

POLÍTICA DE COOKIES. Nosso site usa cookies para melhorar a navegação.

Entre em contato conosco

Envie suas dúvidas preenchendo o formulário